Google
 

Wednesday, April 20, 2005

Liderança, liderar, que tal sermos servos.

Estou terminando meu curso em Teologia e eu notei uma coisa muito interessante nesta reta final. A ênfase no tema "liderança". Claro que no inconsciente das pessoas, todas as pessoas que vão a um seminário, serão líderes nas igrejas. Às vezes isso acontece, às vezes não, mas via de regra os seminaristas são um tipo de liderança. Porém, até onde a liderança ensinada aos seminaristas difere da liderança ensinada aos empresários que lideram empresas? Infelizmente, a igreja nos EUA é uma grande empresa e seus membros visto como clientes, portanto, o treinamento dos líderes das igrejas é muito parecido ou até idêntico (porque se usa os mesmos livros textos) ao treinamento de líderes no mundo dos negócios. Acabei de fazer um "book review" do livro Summoned to Lead, do Leonard Sweet e vi quão vazio de Bíblia (versículos) é este livro. Claro que ele usa alguns exemplos bíblico, mas não é o suficiente para me convencer de que ele estava me ensinando a liderar o povo de Deus e nao uma empresa ou meu próprio negócio. Ontem a noite, eu assistia o famoso pregador T.D. Jakes na TV (não sei porque eu ainda insisto em assistir esses televangelistas) e ele estava falando para um grupo de pessoas, que suponho eu eram empresários, ensinando técnicas de liderança no Mercado (Business). Daí eu me perguntei, o que tem haver um pregador do evangelho com Mercado e mundo dos negócios? Depois eu entendi, quando ele falou que se o seu negócio não dá dinheiro ou não é algo lucrativo, você não deve nem pensar em começar, pois até se você quer começar um ministério, esse ministério tem que dar dinheiro, lucro. Em outras palavras ele disse que se o ministério formado (igreja) não der lucro, nao adianta nem começar. O que será que o T.D.Jakes que foi considerado o melhor pregador dos EUA no ano de 2000, se eu não me engano, diria ao ver os ministérios no Sertão da Paraíba e Pernambuco? Estive em uma viagem missionária no Sertão de Pernambuco com um grupo de alunos do Betel Brasileiro e vi uma igreja viva, pobre mas vitoriosa. O pastor daquela igreja não recebe um tostão daqueles irmãos, a palavra dinheiro é tão escassa quanto a água que Deus manda para aquele lugar, lucro seria o mesmo que dizer um palavrão. Será que ainda assim, Deus não está salvando os seus escolhidos? Será que mesmo em meio ao nada, não está valendo a pena? Claro que nem todos os ensinamentos de liderança são esses, mas em muitos lugares é isto que está sendo dissiminado. Na minha aula de liderança, tivemos uma tarefa onde os alunos teriam que ter sua missão pessoal escrita, e depois saber a missao da igreja e etc.... Tudo o que vemos pendurado nas paredes de empresas e bancos por aí a fora. Tá tudo igual. E quem não concorda, é considerado uma pessoa sem visão e com um risco enorme de fracassar. Isto é que é pressão!!! Agora eu me pergunto, porque todos querem liderar e ninguém quer ser servo. Porque Jesus nos ensinou que aqueles que querem ser os maiores, primeiro tem que servir a todos? Porque ignoramos os ensinos de Jesus? Ignorar os ensinos de Jesus é muito perigoso, principalmente quando se trata da Sua própria igreja. Porque querem nos pressionar a ser mais, mais, mais e mais efetivo? Porque o sucesso da igreja é medido de acordo com o número de membros? Quando na verdade este critério não mostra se realmente a grande massa é verdadeiramente de Cristo. Porque as igrejas tem que está sempre mudando para atender a demanda do seu "publico-consumidor", exatamente como fazem as empresas? Porque o tamanho do meu dízimo vai dizer o quanto eu sou fiel a Deus? Porque os que dão os maiores dízimos tem mais acesso ao Pastor? Porque a igreja está cada dia mais sendo levada pelas regras de Mercado? A resposta para estas perguntas eu não sei, mas talvez isso explique o por que que Deus não está mais dentro de muitas igrejas evangélicas. Servir, sendo servo. Liderar, sendo servo. Pastorear, sendo servo. Que Deus me abençoe nesta minha jornada rumo à liderança de Seu povo. Soli Deo Gloria Rodrigo Serrão

PS: Este texto foi revisado e pontuado devidamente no dia 26/Fev/2008.

1 comment:

ANE HOLANDA said...

Paz do Senhor Rodrigo?

Bem não deu tempo de ler tudo,devido a minha correria de trabalho ...MAs do pouco que li amei seu pensamento e claro a forma que você expressa tudo com zelo,com cuidado e dedicação de um verdadeiro Cristão...As suas palavras e a sua contextualização,estão ótimas.
Infelizmente neste mundo em que vivemos há muitos lideres que pensam estar liderando uma empresa,ou um comercio,e esquecem que são lideres de humanos ou seja de pessoas,e também esquecem que toda linderança é constituída por Deus...Muitos deles só pensam em fazer o que querem ou o que acham que ser correto...
Acho que se o lider de uma igreja não tiver Espiritualidade,e comunhão diária com Deus será impossivel dele liderar um povo de Deus.
E se ele liderar uma Igreja como se liderasse uma empresa,Penso que ele não estaria deixando o caminho livre para o Espiríto Santo de Deus operar,tanto na vida íntima dele com DEus,quanto com o povo da Igreja.

Que Deus continue abençoando vc!!
JESUS TE AMA!!
ABRAÇOS
ANE HOLANDA
=)