Google
 

Monday, April 25, 2005

Conhecer para nao perecer.

Este será meu segundo bacharel, o primeiro que eu tenho é em Contabilidade. Porém, este é o primeiro na área que eu amo, que eu tenho paixao.

Nao sei como agradecer a Deus primeiro pelo chamado que eu tenho, e segundo pela oportunidade que Ele me concedeu em vir estudar Teologia nos EUA.

Sei que nesta área, nao é apenas o conhecimento que conta, mas principalmente a vida devota e consagrada a Deus. Sei que existem muitos pastores que nunca tiveram a oportunidade de estudarem em um seminário e com certeza eles fazem um bom trabalho para o Reino.

Porém, sei também que existem preguiçosos, que nunca quiseram estudar e por isso cospem heresias do púlpito.

O estudo universitário para se formar um pastor, talvez nao seja "the ultimate importance", mas o estudo em si da Palavra de Deus, é, e sempre será importante nao só para quem quer ser ministro do evangelho, mas também para todos aqueles que professam fé em Jesus.

Nao é a toa que a Biblia fala que pela falta de conhecimento, havia sofrimento.

Na minha particular opiniao, quem se prepara melhor, serve melhor no Reino de Deus.

Principalmente hoje em dia, quando existem tantas filosofias, modismos, religioes, sofismas, pontos de vista, e o pior, todos clamando ser a verdade. E por causa disto, a verdade se torna relativa para aqueles que nada sabem acerca da Verdade absoluta.

A Verdade absoluta existe, e é escrito com um "v" maiúsculo. Esta verdade é Jesus Cristo, conforme revelado na Bíblia Sagrada.

Neste mundo de relativismo, até Jesus Cristo se torna relativo, quando ele nao é o mesmo daquele que está descrito nos evangelhos.

O Jesus dos espíritas, o Jesus dos mórmons, o Jesus dos Testemunhas de Jeová, o Jesus dos ateus, o Jesus dos católicos, o Jesus dos evangélicos, cada grupo religioso querendo clamar a verdade para o seu Jesus.

Todas as vezes que o Jesus que se é pregado está fora das características do Jesus da Bíblia, essa caricatura de Jesus nao é, e nunca será o Filho de Deus, Salvador dos homens.

Outra razao muito importante do conhecimento é na contextualizaçao da mensagem, ou seja, no mundo digital e pós-moderno, quem continua falando com a linguagem usada pelos irmaos da década de 50, está fora do contexto. Mal será ouvido.

O conhecimento bíblico e de outras áreas, tipo comportamento humano, filosofia, informática, religioes, liderança, ajudará a pessoa a falar de uma forma contextualizada, sem ferir ou mesmo matar a Verdade, ou seja, sem comprometer a mensagem bíblica.

Levar o evangelho de salvaçao para esta geraçao eletronica, nao é fácil, principalmente quando se trata de pregar sobre um livro de aproximadamente 4000 anos. Só o Novo Testamento tem mais de 2000.

Levando todas estas coisas em consideraçao, vamos entender o valor do conhecimento.

Aqueles pastores que nao gostam do conhecimento e do estudo e ainda usam versículos tipo "a letra mata, mas o espírito vivifica", para justificar sua preguiça, deveriam procurar entender o significado da passagem, antes de falar besteira. O uso deste versículo para justificar preguiça de pregadores tem sido enorme e o pior, toda as pessoas que recebem as mensagens de homens como estes, vao pensar que o estudo é ruim e portanto, cria-se uma comunidade que quer ser muito espiritual apenas pela "experiencia" e nao querem ser espirituais pelo conhecimento de Deus revelado nas Escrituras.

Porém, todo o conhecimento do mundo sem amor e comunhao com Deus, nao é nada.

O equilíbrio sempre será a melhor medida.

Soli Deo Gloria

Serrao

1 comment:

Adriana Simões said...

Concordo plenamente com sua visão Serrão.
Médico tem que estudar, psicólogo tem que estudar, professor de educação física também tem que estudar, afinal todos querem se aprofundar nos seus conhecimentos para aprender mais e mais, porque ser diferente quando o assunto é apalavra de Deus? As pessoas não podem ter em mente que ser ministro do Evangelho é chegar na frente de uma igreja e gritar Glória à Deus, Glória à Deus! Engano de quem pensa assim, tudo isso requer conhecimento, sabedoria, dedicação, estudo, paixão e muita oração. Como citastes "quem melhor se prepara, serve melhor no reino de Deus", se preparar em TODOS os sentidos, espiritual, social, e didático.
Fico MUITO feliz com mais um bacharel seu, e mais feliz ainda por saber que este te faz bem, que vc ama o que faz para honra e glória de Jesus, com certeza és um servo dedicado e com sede de aprender mais e mais portanto sempre farás o melhor para o Senhor.

DEUS ABENÇOE MUITO O SEU MINISTÉRIO

Beijos

Simões